Automedicação: os riscos de uma atitude irresponsável.

22/02/2019

Quando o "acesso" e o "excesso", podem causar danos lesivos ao seu organismo.

Seja por conta própria ou por indicação, o simples ato de tomar remédios sem recomendação médica pode ser mais prejudicial à saúde do que se imagina. 

hábito ou a prática de consumir remédios, sem a avaliação prévia de um profissional médico, ou seja faz seu uso de forma involuntária e equivocada. Nessas situações, a pessoa tende a ingerir drogas "LÍCITAS", ou seja permitida por lei. hábito ou a prática de consumir remédios, sem a avaliação prévia de um profissional médico, ou seja faz seu uso de forma involuntária e equivocada. 

Nessas situações, a pessoa tende a ingerir drogas "LÍCITAS", ou seja permitida por lei. Tal hábito geralmente está relacionado à intenção do paciente em aliviar algum sintoma.Tudo o que não é alimento é veneno. Se queremos sobreviver e ter saúde, devemos somente ingerir alimentos - e não remédios.

O que o organismo não pode digerir e assimilar precisa ser eliminado. Quando algumas dessas substâncias se combinam quimicamente com as células, essas terminam morrendo. Todos os remédios, sem exceção, são venenos. A grande maioria das doenças modernas são doenças iatrogênicas, isto é, frutos da ingestão de remédios que aparecem anos após o "tratamento" com essas substâncias.

O uso de medicamentos sem a prescrição de um profissional é um costume presente na cultura do brasileiro. A facilidade de acesso e a falta de informação contribuem para esse fato. A automedicação pode gerar danos à saúde sendo necessário a mudança desse hábito.

A maioria das pessoas que se automedicam não sabem os danos que isso pode gerar em sua saúde. A medicação errônea pode gerar uma series afetar os órgãos,causar alergias e até mesmo à morte. Esses riscos foram os responsáveis pela criação de uma lei que proíbe a venda de medicamentos sem a apresentação de receita.

O problema da automedicação já é considerado um caso grave de saúde pública. Os males ao uso excessivo de remédios podem se refletir das mais diversas formas - inclusive deixando o organismo mais suscetível a diversas doenças.

O vício da automedicação é a pior forma de tratar uma doença quando, o "acesso" e o "excesso" á estas substâncias mesmo que lícitas, podem ser catastróficas a você e outrem.

A diferença entre 

        um remédio e um

              veneno está só na dosagem.

by renato MENDES